Este navegador não é suportado

Você está usando um navegador que não é mais suportado. Para continuar visitando nosso site, escolha um dos seguintes navegadores compatíveis.

Close

Como escolher a melhor chave de impacto para sua aplicação

1 de Junho de 2020

Ferramentas Área dos especialistas Chaves de impacto

Com muitas opções diferentes no mercado, pode ser desafiador saber quais recursos procurar ao selecionar uma chave de impacto. Este guia fornece uma breve visão geral da tecnologia e descreve algumas etapas simples para ajudá-lo a começar. 

expert article - impact wrench choice guide - story overview

Familiarize-se com a mecânica

Uma chave de impacto, também conhecida como unidade de impacto ou pistola de impacto, foi projetada para apertar ou desapertar parafusos. É comumente usada em aplicações mecânicas e industriais, por exemplo, ao trocar pneus e desmontar rodas de carros, ou realizar manutenção em plataformas de petróleo. Há opções elétricas, a bateria ou pneumáticas disponíveis, cada uma associada a diferentes benefícios e desafios

O princípio de funcionamento é relativamente simples. Um mecanismo de impacto composto por uma bigorna, um impactor (martelo) e uma mola permite que a chave seja apertada e desapertada conforme necessário. A ferramenta acumula energia pelo compartimento do martelo em uma ou mais revoluções e, quando o martelo atinge o eixo de saída (bigorna), cria o torque de aperto ou desaperto. 

Avalie suas necessidades

icon recommended options
É bom ter em mente que não há uma solução única para todos. A faixa de torque desejada, os requisitos de potência e o projeto do mecanismo de impacto podem variar dependendo do trabalho. Como este último afeta o peso, a vibração, a velocidade e a durabilidade da ferramenta, ele pode ter um impacto considerável no conforto do usuário e na adequação para a tarefa. Para iniciar o processo de seleção, primeiro considere:

  1. O que você está procurando em uma ferramenta: é potência, eficiência, ergonomia, liberdade de movimento ou uso multifuncional?
  2. Seu ambiente: como você vai alimentar a ferramenta?
  3. O torque: gama e precisão, o que a sua aplicação necessita?
  4. A ergonomia do produto: os níveis de vibração e som, o design da ferramenta e os acessórios propostos são adequados para o trabalho?
  5. O tipo de embreagem: o mecanismo é capaz de fornecer a potência necessária?
  6. O peso e o material da ferramenta: será fácil de usar por longos períodos e o material é uma boa opção para o seu ambiente de trabalho?

Analise mais de perto o projeto da ferramenta

O projeto da ferramenta pode desempenhar um papel fundamental na melhoria da produtividade. Por exemplo, um centro de gravidade bem posicionado é um grande benefício, pois permite melhor suporte por longos períodos, enquanto diferentes formas de alça e posicionamentos de gatilho podem melhorar o conforto do usuário.

Lembre-se de que material é importante

O material da ferramenta é outra consideração crítica. As ferramentas metálicas são geralmente mais robustas, mas são pesadas para uso prolongado. As ferramentas de materiais compostos, por outro lado, são muito mais leves, permitindo uma melhor capacidade de manobra, mas o material as tornou menos duráveis. Felizmente, os avanços no desenvolvimento de materiais na última década melhoraram a resistência mecânica dos materiais compostos, melhorando sua resistência e tornando-o uma boa alternativa ao metal em muitas aplicações. 

Christophe Roland - expert - head zoom

É bom lembrar que a carcaça da embreagem e o corpo da ferramenta podem ser feitos de materiais diferentes. Ao comparar ferramentas, verifique qual peça é feita de materiais compostos e qual é metálica. Como regra geral, as chaves de impacto maiores que ¾” tendem a ser feitas de metal.

Christophe Roland , Gerente de Marketing de Produto da Chicago Pneumatic

Obtenha o nível de torque correto

Sempre escolha uma ferramenta com um torque máximo superior ao torque necessário para sua aplicação. Isso reduzirá o tempo gasto usando a ferramenta e as vibrações às quais você está sujeito. O gráfico abaixo ilustra os diferentes valores de torque normalmente encontrados nos catálogos dos fabricantes. 

expert corner article - impact torque graph

Você usa a chave de impacto correta?

Legenda: 

  • A: faixa de torque da ferramenta
  • B: hora
  • 1: torque ideal: olhando para esta faixa de torque, esta ferramenta é a melhor escolha, assegurando a melhor relação de produtividade. Ideal para uso intensivo.
  • 2: torque de trabalho: verifique se o torque necessário para a sua aplicação está coberto pela faixa de torque de trabalho da ferramenta.
  • 3: torque máximo: para um uso frequente neste nível de torque, recomendamos a escolha de uma ferramenta mais potente para maior produtividade e conforto do operador. 
Christophe Roland - expert - head zoom

Cuidado com aperto excessivo! Em algumas aplicações, por exemplo, ao trocar pneus em veículos pequenos ou caminhões, o aperto requer precisão e controle de torque. O uso de ferramentas com funções limitadas de torque, juntamente com uma chave de torque, otimizará a aplicação sem apertar demais e danificar os parafusos prisioneiros.

Christophe Roland , Gerente de Marketing de Produto da Chicago Pneumatic

Analise o tamanho do parafuso

Você pode identificar o soquete quadrado ideal da ferramenta observando o tamanho da rosca. Se o quadrado for muito pequeno em relação à rosca, ele não será adequado e provavelmente quebrará. No entanto, se for muito grande, será muito forte e quebrará o parafuso durante o aperto. 

Não ignore a ergonomia, o som e a vibração

expert-article icon-vibration

É vital prestar atenção nos fatores que afetam a segurança e a ergonomia do usuário, como o nível de som e a vibração. O nível de som é geralmente controlado pelo padrão ISO15744 e, quanto menor o valor, mais segura é a experiência do usuário. O mesmo se aplica aos níveis de vibração, geralmente controlados pela ISO28927: os níveis de vibração mais baixos equivalem a uma experiência do usuário mais segura e confortável. Alguns sistemas de impacto são projetados para permitir baixos níveis de vibração, e a segurança e o conforto também podem ser aprimorados com o uso de luvas com absorção de vibração.


Ao considerar esses sete pontos, você aumentará a segurança associada ao uso de ferramentas no local de trabalho, protegendo os operadores. Um benefício adicional a essas práticas responsáveis é que você também aumentará a eficiência!

Christophe Roland - expert - head zoom

Os níveis de ruído e vibração são fatores a serem considerados ao escolher a ferramenta a ser usada em sua aplicação. Geralmente, ao usar chaves menores que ¾", os operadores são mais sensíveis ao ruído. No entanto, é mais importante considerar as vibrações acima de 3/4".

Christophe Roland , Gerente de Marketing de Produto da Chicago Pneumatic

Experimente

Saber o que você precisa considerar ao procurar a chave de impacto certa para sua aplicação é um bom começo, mas às vezes a análise dos valores técnicos não é suficiente para permitir uma decisão de compra bem informada. Para garantir que a ferramenta atenda às suas necessidades, é sempre uma boa ideia discutir suas necessidades com o fabricante e solicitar uma avaliação. Experimentar a ferramenta em sua aplicação de destino lhe dará a confiança de que é uma boa opção para a tarefa, o ambiente e, finalmente, a maneira como você trabalha.