Este navegador não é suportado

Você está usando um navegador que não é mais suportado. Para continuar visitando nosso site, escolha um dos seguintes navegadores compatíveis.

Close

Integração mecânica

O que mais gosto no meu trabalho é interpretar a mecânica, o que significa o pré-estudo e a integração das peças do projeto. Tenho as grandes peças e o desafio é como encaixá-las, isso é emocionante! Meu trabalho é muito diversificado: tenho uma função em cada etapa do desenvolvimento do produto e é gratificante ver o projeto como um todo e não apenas uma pequena parte dele. A engenharia mecânica é a espinha dorsal da P&D. Eu interajo com muitas outras pessoas: fornecedores, hardware, software, produção, logística, suporte, marketing etc. é muito gratificante.

Serge Besnier , Engenheiro Mecânico na Chicago Pneumatic

Nossos engenheiros mecânicos estão envolvidos em todas as etapas de desenvolvimento de produtos. São as pessoas que irão garantir que todas as peças projetadas para o produto se encaixem com precisão e funcionem perfeitamente.

Desenhar o protótipo

O projeto começa projetando-se a arquitetura inicial da nova ferramenta, com base nas necessidades dos clientes definidos. O primeiro passo é desenhar o protótipo. Para fazer isso, os engenheiros mecânicos irão encontrar soluções existentes e criar novas para montar diferentes peças a fim de fazer um produto que corresponda às instruções. Eles então propõem diferentes soluções no papel e as testam. Às vezes, o que está no papel não sai exatamente como planejado, então a solução é modificada. Encontrar o equilíbrio certo entre as restrições de custo e tempo é um verdadeiro desafio.

Design do produto

O segundo passo no processo é o design do produto. Nossos engenheiros mecânicos colocam a viabilidade em primeiro lugar: o produto proposto funcionará no mundo real? Uma análise detalhada é feita para identificar as peças existentes que podem ser usadas no projeto, bem como as peças novas que precisam ser criadas. Em seguida, um projeto é proposto, levando em consideração parâmetros mais amplos, como as condições de trabalho do usuário final, os padrões aplicados e os objetivos do projeto. Os projetos também passam pelas seguintes verificações principais:

FMEA: Modo de falha e análise de efeitos

Aqui, nossos engenheiros mecânicos analisam todos os riscos potenciais de falha do produto e definem os pontos de verificação necessários para evitar quaisquer problemas que realmente surjam.

Análise de industrialização

O objetivo desta análise é certificar-se de que é possível industrializar o projeto final do produto e que, ao final do processo de produção, o produto irá cumprir todos os requisitos. Durante a fase de desenvolvimento do produto, nossos engenheiros mecânicos trabalham duro para reduzir a probabilidade de surgirem problemas durante a produção. Por exemplo:

  • tentam minimizar o número de parafusos e fios
  • garantem que haja espaço suficiente para os fios passarem e que eles não irão se desgastar
  • usam testes de simulação para identificar onde as peças podem quebrar e precisam ser reforçadas
  • Juntamente com o Departamento de Suporte de Engenharia, analisam as lições aprendidas anteriormente para antecipar e integrar qualquer feedback valioso ao novo produto
  • garantem que irão caber os logotipos da empresa e outros requisitos de comunicação, como as informações de segurança

Uma vez confirmada a viabilidade do projeto, é preciso confirmar que o custo é aceitável. Antecipação é fundamental aqui para trazer o projeto à vida em tempo hábil. Se obtivermos uma solução muito cara, será muito tarde para recomeçar. Por isso, o controle de custos constitui uma parte sempre presente no desenvolvimento do produto.

O planejamento

Depois de terem certeza que temos um produto viável que atende às restrições de tempo e custo, os engenheiros mecânicos passam para a próxima fase: o planejamento. Esta é uma tarefa importante que exige muitas verificações e atenção aos detalhes. Se alguma mudança for necessária após o planejamento estar pronto, todas as pessoas envolvidas no produto (incluindo P&D, logística, produção etc.) serão informadas e deverão validar se essa mudança é possível e não as afetará.

Mudanças feitas após o lançamento do produto podem ser particularmente onerosas e levar a atrasos ou recalls. Esta é a razão pela qual fazemos vários testes de campo antes de qualquer lançamento, para que possamos eliminar o risco de ter que modificar o produto mais tarde. Portanto, nossos clientes podem ter certeza de que um novo produto da Chicago Pneumatic funcionará de forma confiável desde o início.

Prototipagem

Após a validação do planejamento, nossos engenheiros mecânicos iniciam a produção das peças de metal e dos moldes de plástico. Ainda hoje, pode ser um pouco difícil prever a injeção de plástico, então testamos o protótipo mais uma vez nesta fase para detectar quaisquer discrepâncias.