Cookies nos ajudam a fornecer o nosso serviço. Ao usar esse site, você concorda com o uso de cookies. Nós não armazenamos nenhuma informação pessoal. Saiba mais.

Quem somos / Histórico / História: décadas de inovação

História: décadas de inovação

A Chicago Pneumatic é uma marca na indústria de ferramenta pneumática, com uma história que remonta a 1889.

History.jpg
John W. Duntley tinha em mente a ideia de terceirização e venda de ferramentas de construção "que ainda não estavam disponíveis". Em 1894, ele estabeleceu a Chicago Pneumatic Tool Company, com um escritório em Chicago. A primeira fábrica a produzir especificamente para a CP foi a Oficina Boyer, em St. Louis, Missouri. Em 1901, Duntley conheceu o magnata do aço Charles M. Schwab, que investiu pesadamente na empresa. Em 28 de dezembro, a empresa foi constituída e o primeiro martelo pneumático de válvula única foi patenteado.

1904 foi um ano de expansão para a CP. Foram abertos escritórios na Inglaterra, Canadá e Alemanha; e novas linhas de produtos foram sendo desenvolvidas, tais como ferramentas a ar e perfuratrizes. Em 1912, a CP começou a produzir motores semidiesel de 2 ciclos horizontais para alimentar seus compressores. Um ano mais tarde, a CP concluiu a válvula Simplate, que excluiu a válvula da engrenagem, proporcionou capacidade de controle em altas velocidades e trouxe mais capacidade.

Em 1925, a CP fabricou o motor a diesel Benz, que foi usado em vários carros de corrida na Europa naquela época. No mesmo ano, a CP começou a fabricar equipamentos de perfuração rotativa de poços de petróleo. Em 1939, a CP projetou e produziu a primeira chave de impacto do mundo (versões pneumática e elétrica).

A CP desenvolveu a "máquina de ondulações quente" em resposta às demandas do esforço de guerra. Era um dispositivo que aquecia rebites a 1000° F e usava 100.000 libras/pol ² de pressão para apertar a cabeça do rebite em sua forma final.

A evolução do logotipo da Chicago Pneumatic desde 1904
  • Em 1943, o Saturday Evening Post publicou na capa uma foto de Norman Rockwell retratando uma trabalhadora de aeronave, Rosie, a rebitadora, comendo seu almoço com um rebitador CP em seu colo.  
  • Os anos 1950 e 60 foram uma época de pesquisa de desempenho. As brocas CP quebraram recordes de profundidade que se aproximaram dos 20 mil pés e foram usadas ​​na prospecção de petróleo. O extrator portátil para rebites de aeronaves foi introduzido em 1957. Um motor elétrico da Chicago Pneumatic desempenhou um papel importante na missão espacial Apollo dos EUA para a lua. Alimentou uma bomba que inflou três sacos na cápsula após ter caído no Pacífico em 24 de julho de 1969. Os sacos preservaram a escotilha de fuga da parte superior, e os astronautas puderam abri-la com segurança. A CP introduziu em 1969 a primeira catraca de velocidade do mundo, a CP728, na Ford MotorCompany.
  • Em 1970, a chave de impacto CP611 foi utilizada na fase de construção em aço do World Trade Center (Nova York). Vendidas por vários anos em mercados industriais, as chaves de impacto de torque CP foram introduzidas na década de 1970 para o mercado automotivo.
  • Em 1987, a Chicago Pneumatic passou a fazer parte do conglomerado sueco Atlas Copco. Durante o ano de 1988, foram lançados novos produtos, tais como chaves de fenda, ferramentas de montagem e novas chaves de catraca, mais do que em qualquer momento desde o final dos anos 70. No ano seguinte, o logotipo atual foi desenhado e adotado.
  • Em 1990, a CP ganhou um prêmio de prata do AMA com sua campanha de publicidade "23 peças". O anúncio mostrava como mais de 250 ferramentas de montagem leve poderiam ser feitas a partir de apenas 23 componentes intercambiáveis​​. Em 1994, iniciou a produção de compactadores e geradores de energia portáteis.
  • O ano de 2007 marca a inauguração de um novo centro tecnológico em Nantes, França. Em 2010, um novo projeto global, com destaque para as cores da marca - vermelho e preto - foi adotado .